(47) 999 333 606
  

Uma perspectiva espiritual da vida

Purple mount

Quando falamos em uma perspectiva espiritual da vida, queremos dizer que a realidade não se encerra na sua manifestação material, visível e cotidiana. Existem princípios mais sutis que influenciam diretamente a existência do ser humano. Estes princípios são objeto de indagação em diferentes áreas, como a ética, a moral, a filosofia, a metafísica, as religiões e a espiritualidade.

Espiritualidade é um termo amplo que compreende o estudo das dimensões da consciência, da vida após a morte, dos fenômenos parapsíquicos e das bioenergias. Em seu aspecto psicológico, a questão espiritual passa por conhecermo-nos profundamente, buscando respostas para perguntas como: Quem sou eu? O que vim fazer nesta existência? Como posso realizar algo significativo nesta vida?

Valores elevados

No centro da concepção espiritual da vida está a noção de haver no universo uma estrutura inteligente e virtuosa que transcende o ego pessoal. Esta estrutura, a que podemos chamar de Vida, Cosmos, Universo, Deus ou outro nome equivalente, incita cada ego humano a harmonizar-se com valores positivos maiores, que asseguram uma melhor existência individual e coletiva.

Alguns exemplos de valores registrados nos ensinamentos de diferentes tradições espirituais são o amor incondicional, a compreensão profunda de si e dos outros, o perdão e o autoperdão conscientes, o exercício da gratidão sincera por tudo que recebemos, a compaixão e a fraternidade, o ímpeto de evoluir como pessoa, a confiança no fluxo da vida.

Somos humanos

Ao mesmo tempo, quando consideramos nossa existência humana em sua atual etapa evolutiva, percebemos que nem sempre conseguimos sustentar tais valores nas relações conosco mesmo, com outros seres humanos e com o ambiente.

Assim como alunos que trilham as séries iniciais de uma grande escola, podemos e devemos ter bons valores como nosso horizonte. Mas precisamos fazê-lo com temperança e sabedoria, compreendendo que todo aprendizado inclui sua porção de erros e de acertos, de limitações e de potenciais.

Luz para evoluir

A harmonização espiritual pessoal começa com a simples mas difícil tarefa de olhar para dentro de si de modo a identificar todos os pensamentos, sentimentos e atitudes que habitam nossa consciência. É preciso observar todas as influências que atravessam o nosso ser; as boas e as nocivas, as que produzimos e as que nos são sugeridas externamente.

Este exercício de lucidez aliado a uma decisão de melhorar como pessoa leva ao progressivo domínio das correntes que nos arrastam para estados mentais e emocionais negativos. Para superar um determinado problema o primeiro passo é trazê-lo à luz para que possa, pela força da vontade e pela boa resolução, ser transmutado.

Temos o potencial de lapidar nossa existência para alcançar melhores versões de nós mesmos. O caminho do auto aperfeiçoamento conduz a uma existência mais significativa e feliz. É a isto que nos convida, em essência, uma perspectiva espiritual da vida.