(47) 999 333 606
  

Pensamentos construtivos – II

soul_expansion

A vida de que precisamos é aquela que temos. Melhorar o que for possível, sem prejudicar a si nem a ninguém, é uma tarefa pessoal e intransferível.

É preciso aprender a amar tudo aquilo e todos aqueles que se apresentam em nosso caminho. A vida que temos é a ponte para a vida que almejamos ter.

Manter o coração aberto é aceitar os presentes da vida sem criar deles dependência, mas também sem contaminá-los com a poeira do próprio ego.

O mal-estar sinaliza a presença do desequilíbrio e a necessidade de mudanças internas.

A maestria perante as provas da vida é proporcional à capacidade de pedir orientações – e de aceitá-las quando são recebidas.

Nem todos estão preparados para compreender e viver no amor pleno e puro.

Entorpecidos por inverdades, poucos são os que desejam de fato a paz.

O limite do discernimento é o momento da entrega e da confiança.

Vida é eterna vibração, movimento e crescimento. As zonas de conforto são sempre temporárias.

A consciência está em permanente expansão rumo ao inefável e ao infinito.